21.5 C
Santo Antônio de Jesus
segunda-feira, 27 setembro, 2021

Hospital do Rio administrado por empresa baiana organiza casamento de pacientes internados com Covid-19

spot_img
spot_img

Um hospital no Rio de Janeiro organizou uma celebração de casamento para um casal internado com a Covid-19. Com direito a renovação de votos, troca de alianças e declarações de amor, Weber Ferreira e Adalgisa dos Santos, ambos de 56 anos, se reencontraram após dias separados. O gesto aconteceu três dias antes dos dois receberem alta.

Weber e Adalgisa deram entrada no Hospital Che Guevara, em Maricá, nos dias 20 e 21 de março, respectivamente. Eles iniciaram o tratamento da doença em quartos separados, mas, com o avanço do quadro de saúde dos casal, a equipe médica decidiu colocá-los no mesmo espaço. O reencontro, então, foi organizado com a celebração surpresa. Os pacientes e a família acreditam que o gesto foi fundamental para a recuperação da doença.

Um vídeo do momento foi registrado por um enfermeiro e mostra a divisão entre os quartos do casal sendo retirada. Nesse momento, Weber e Adalgisa se emocionam com o reencontro, mesmo que ainda distantes. Com o acompanhamento de uma música de fundo, tocada por um dos membros da equipe do hospital, um dos enfermeiros mostra duas “alianças” improvisadas, que geram risadas e o início da celebração. A saída do casal, no momento em que recebe alta, acontece com música e cartazes escritos “eu venci a Covid-19”.

O Hospital Che Guevara é administrado pela organização social baiana Associação Saúde em Movimento (ASM). As unidades de saúde gerenciadas pela empresa são conhecidas pelo atendimento humanizado. A unidade no Rio, que cuidou do casal, tem diversos projetos para o bem-estar e entretenimento dos pacientes.

Metro1

Foto: Reprodução

spot_img
spot_img

Leia Também

spot_img

Leia Mais

spot_img

Deixe uma resposta