22.9 C
Santo Antônio de Jesus
domingo, 24 outubro, 2021

Diretor da Anvisa expõe discordância com Bolsonaro em depoimento

spot_img
spot_img

Presidente da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), Antônio Barra Torres foi ouvido nesta terça-feira (11) na CPI da Covid-19. Durante o depoimento, Barra Torres expos divergências com  o presidente Jair Bolsonaro nas medidas de enfrentamento à pandemia.

Questionado sobre o comportamento do presidente no enfrentamento à pandemia, Barra Torres chegou a se mostrar arrependido de ter comparecido em evento pró-governo ainda no início da pandemia. “As manifestações que faço têm sido todas no sentido do que a ciência determina. Na última ‘live’ de que participei com o presidente, inclusive, permaneci o tempo todo de máscara, o que causou até uma certa estranheza por parte de alguns integrantes da imprensa. Então, são formas diferentes, de pessoas diferentes”, afirmou ao ser perguntado sobre se concordava com as afirmações do presidente contrarias a medidas de isolamento e a vacinação. Barra Torres ainda confirmou ter negado pedido para alteração de bula da Cloroquina.

O presidente da Anvisa ainda defendeu o veto do órgão à vacina Sputnik V. “É muito importante que se entenda que essa negativa de autorização excepcional de importação não deve somar a essa marca Sputnik V nenhum pensamento negativo. Essa é uma marca do processo. O que conclamo é que, tão logo essa situação seja, e esperamos que seja resolvida, que não se credite a essa vacina nenhuma característica ruim”, afirmou.

Metro1

Foto: Jefferson Rudy/Agência Senado

spot_img
spot_img

Leia Também

spot_img

Leia Mais

spot_img

Deixe uma resposta