22.9 C
Santo Antônio de Jesus
domingo, 24 outubro, 2021

Bahia tem 15 medalhas olímpicas na história; confira os baianos que poderão ir a Tóquio

spot_img
spot_img

A Bahia acumula 15 medalhas olímpicas conquistadas por seus filhos ao longo da história. De acordo com o levantamento feito pelo repórter Guilherme Ferreira, do Bahia Notícias, o primeiro baiano a subir no pódio olímpico foi o jogador de basquete Nilton Pacheco. Nascido na capital, ele fez parte do elenco da seleção brasileira que conquistou a medalha de bronze nos Jogos de 1948 disputados em Londres. Depois, outros 13 atletas também colocaram seus nomes no Olimpo.

Enquanto Nilton foi o desbravador, o ex-jogador de vôlei de praia Ricardo, de Salvador, e o canoísta Isaquias Queiroz, de Ubaitaba, são os maiores vencedores do estado com três medalhas cada um. O soteropolitano foi ouro em 2004, prata em 2000 e bronze em 2008. Já Sem Rim, como Isaquias é apelidado, é o recordista brasileiro de conquistas numa única edição. Ele abocanhou duas pratas e um bronze na Rio-2016.

Além de Ricardo, outros dois baianos já foram campeões olímpicos. Naturais de Salvador, o boxeador Robson Conceição e o volante Wallace, no futebol masculino, colocaram a medalha de ouro no peito nos Jogos de 2016.

Também estão na lista de medalhistas os jogadores de futebol Bebeto, Aldair, Dida, o nadador Edvaldo Valério, as jogadoras de futebol Formiga, Elaine e Fabiana, e a boxeadora Adriana Araújo, e o canoísta Erlon. Contudo, a quantidade de atletas não é a mesma de medalhas no total: em esportes coletivos, a vitória conta como uma só. Por isso se considera que  Aldair, Dida e Bebeto ganharam apenas uma medalha pela prata no futebol em 1996.

BAIANOS CONFIRMADOS EM TÓQUIO
Adiados de 2020 para 2021 por causa da pandemia global do novo coronavírus, os Jogos Olímpicos de Tóquio têm o início previsto para o dia 23 de julho. E a Bahia já tem alguns nomes confirmados para a nova edição do maior evento do esporte.

Na natação, a multicampeã da maratona aquática Ana Marcela Cunha já está com o passaporte carimbado para o Japão, assim como o nadador Breno Correia. Os ringues de boxe do Japão serão palcos para os socos que serão desferidos por Beatriz Ferreira, Hebert Conceição e Keno Marley Machado. A dupla medalhista olímpica da canoagem velocidade, Isaquias Queiroz e Erlon Souza, também remará nas águas nipônicas em busca novas conquistas. Juntos, eles ganharam uma prata na Rio-2016.

No futebol, as duas seleções garantiram vaga em Tóquio. Na masculina, o meia Marcos Antônio, nascido em Poções e jogador do Shakhtar Donetsk, já apareceu em convocações do técnico André Jardine e pode fazer parte do elenco que brigará pelo bicampeonato olímpico. Já entre as mulheres, a zagueira Rafaelle e a meia Ivana Fuso são sempre lembradas pela comandante sueca Pia Sundhage, além da incansável volante Formiga, de 43 anos, que já tem duas pratas na sua coleção.

Outros nomes ainda poderão surgir, já que ainda existem vagas abertas em algumas modalidades esportivas. Além de adiar os Jogos Olímpicos, a pandemia também impediu a realização de alguns torneios pré-olímpicos e as entidades esportivos ainda buscam adequar esses eventos no calendário ou estudam alternativas como selecionar os atletas através do ranking, como aconteceu com o boxe (lembre aqui).

Confira a lista dos atletas baianos com medalhas olímpicas:

1948
Nilton Pacheco (Salvador) – Bronze Basquete

1988
Bebeto (Salvador) – Prata Futebol

1996
Aldair (Ilhéus), Dida (Irará) e Bebeto (Salvador) – Prata Futebol

2000
Ricardo (Salvador) – Prata Vôlei de Praia

Edvaldo Valério (Salvador) – Bronze Natação

2004
Ricardo (Salvador) – Ouro Vôlei de Praia

Formiga e Elaine (ambas de Salvador) – Prata Futebol Feminino

2008
Formiga e Fabiana (ambas de Salvador) – Prata Futebol Feminino

Ricardo (Salvador) – Bronze Vôlei de Praia

2012
Adriana Araújo (Salvador) – Bronze Boxe

2016
Robson Conceição (Salvador) – Ouro Boxe

Wallace (Salvador) – Ouro Futebol Masculino

Isaquias Queiroz (Ubaitaba) – 2 Pratas e 1 Bronze Canoagem Velocidade

Erlon (Ubatã) – Prata na Canoagem Velocidade (com Isaquias)

Bahia Notícias

Foto: Divulgação / COB

spot_img
spot_img

Leia Também

spot_img

Leia Mais

spot_img

Deixe uma resposta