22.3 C
Santo Antônio de Jesus
sexta-feira, 7 maio, 2021

Morre aos 93 anos Walter Mondale, ex-vice-presidente dos EUA

spot_img
spot_img

O ex-vice-presidente dos Estados Unidos Walter Mondale morreu aos 93 anos nesta segunda-feira (19), em Mineápolis. A família do político democrata não informou as causas da morte.

Mondale ocupou a vice-presidência dos EUA entre 1977 e 1981, no governo de Jimmy Carter. Os dois não conseguiram se reeleger nas eleições de 1980, vencidas por Ronald Reagan para presidente e George Bush para vice.

Quatro anos mais tarde, o democrata tentaria se eleger para comandar a Casa Branca, mas o republicano Reagan venceu Mondale e se reelegeu presidente dos EUA. A derrota foi creditada, segundo a imprensa americana, à ideia de aumento de impostos — algo frontalmente combatido pelo republicano.

Apesar das derrotas presidenciais, o político manteve relevância no Partido Democrata. Durante sua vida pública, Mondale também ocupou os cargos de senador, embaixador e procurador-geral do estado de Minnesota.

Em nota divulgada nesta segunda, o ex-presidente Carter lamentou a morte do colega, a quem chamou de “melhor vice-presidente na história de nosso país”.

“[Walter] Fritz Mondale brindou a nós todos como um modelo de serviço público e de bom comportamento privado”, elogiou Carter.

Reconhecimento da derrota eleitoral

Como vice-presidente ainda em exercício, Mondale leu a proclamação de sua própria derrota na sessão do Congresso que confirmou a vitória da chapa republicana Reagan-Bush, em 1981. Ao ler os próprios números — uma derrota por 489 a apenas 49 no Colégio Eleitoral —, o democrata demonstrou bom humor, riu, e foi aplaudido de pé pelos congressistas.

Depois de Mondale, outros dois vice-presidentes leram a oficialização de suas próprias derrotas eleitorais na sessão conjunta de certificação: Dan Quayle, republicano (1993) e Mike Pence, também republicano (2021).

G1

Foto: Jim Mone/Arquivo/AP Photo

spot_img

Leia Também

spot_img

Leia Mais

spot_img

Deixe uma resposta